".. A música e os pássaros têm muito em comum, é que não conhecem fronteiras, não há lei que os impede navegar ao redor do mundo .. a música começa onde termina a linguagem, porque exprime o inexplicável .."

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Tribute - Rondellus Sabbatum - A Medieval To Black Sabbath (2002)


1-Verres Militares (War Pigs)
2-Oculi Filioli (Junior's Eyes)
3-Funambulus Domesticus (A National Acrobat)
4-Symptoma Mundi (Symptom Of The Universe)
5-Post Murum Somnii (Behind The Wall Of Sleep)
6-Post Aeternitatem (After Forever)
7-Magus (The Wizard)
8-Solitudo (Solitude)
9-Rotae Confusionis (Wheels Of Confusion)
10-Planetarum Vagatio (Planet Caravan)
11-Via Gravis (Hard Road)
12-Architectus Urbis Caelestis (Spiral Arcitect)

Como Ozzy Osbourne, Tony Iommi, Geezer Butler e Bill Ward teriam composto suas músicas se tivessem nascido no século XIV ou XIII? Se quiser tirar essa dúvida, ouça este disco da banda medieval "Rondellus", diretamente da Estônia (!!). Uma pausa para uma pequena explicação: quando disse "banda medieval" não me refiro às (muito vezes competentes!) bandas de heavy metal que possuem influência medieval, e sim a um grupo que toca composições da Idade Média, com instrumentos de época da forma como eram tocados na Antigüidade.
Se você é daqueles fãs de metal que se recusa a ouvir qualquer coisa fora do estilo, esqueça esse CD. Mas se você é, antes de mais nada, amante de boa música e deseja saber com exatidão como eram as composições antigas, vá em frente. Na verdade, muitas bandas de metal apresentam essas influências e existem tantos apreciadores do chamado "epic metal" por aí. Mas, creio eu, que seria interessante saber de onde vem toda essa melodia e por que, tantos séculos depois, ainda existem apreciadores do estilo.
Com certeza qualquer pessoa desavisada nem pensaria em BLACK SABBATH ao ouvir o CD. De fato, o único que se preservou das faixas originais foram as melodias, aqui totalmente modificadas para o estilo medieval, com arranjos de canto gregoriano. As letras foram traduzidas para o latim e foram usados diversos instrumentos medievais como alaúde, salterio, harpa, vielas e gaitas de fole.
Volto a repetir, se você realmente tem curiosidade de saber como soa um grupo medieval, esse CD é uma boa pedida. Confira abaixo o tracklist e não deixe de conferir no site http://www.sabbatum.com/ a explicação sobre todos os instrumentos utilizados no disco.”

Um comentário:

  1. sublimissime approche de la musique de black sabbath

    ResponderExcluir