".. A música e os pássaros têm muito em comum, é que não conhecem fronteiras, não há lei que os impede navegar ao redor do mundo .. a música começa onde termina a linguagem, porque exprime o inexplicável .."

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

MOMENTO "ZAKK"

                                Cinco momentos insanos do guitarrista
Esse post vai para meu amigo e super Fã do Zakk, Claudião Luchini!!











O lendário mestre das seis cordas, Zakk Wylde, completou 45 neste sábado (14 de janeiro), e para comemorar o Loudwire preparou cinco vídeos que irão derreter seu cérebro. Tendo atuado como principal guitarrista de Ozzy Osbourne, além de montar o BLACK LABEL SOCIETY  e colaborar com uma lista interminável de músicos, Wylde provou ser um dos músicos mais impressionantes e cativantes ao pegar uma guitarra. Em comemoração ao seu aniversário, o Loudwire apresenta os Cinco Momentos mais Insanos de Zakk Wylde:


Nascido no dia 14 de janeiro de 1967, em Bayonne, na Nova Jersey, Jeffery Phillip Wiedlant, mais conhecido somente como Zakk Wylde, se projetou como um dos mais famosos músicos da atualidade por ter sido guitarrista da banda de Ozzy Osbourne.

A partir do ano de 1998, Zakk também encontrou o sucesso com sua própria banda, Black Label Society, onde exerce a função de frontman, compondo e cantando suas próprias músicas.

Zakk se interessou pelas aulas de guitarras aos seus 15 anos, quando trabalhava na Silverton Music, uma loja de artigos musicais em Silverton, na Nova Jersey. Segundo o guitarrista, ele praticava com sua guitarra diariamente por cerca de 12 horas, o que acabou prejudicando seus estudos. Isso não foi novidade, já que ele estava sempre caindo de sono durante as aulas no colégio.

Sua primeira banda se chamava Stone Henge, mas teve pouca duração.Posteriormente, se integrou a banda local Zyris.

Na época, a namorada de Zakk, Barbaranne (atualmente, sua mulher), tinha ouvido no programa de Howard Stern no rádio, que o lendário Ozzy estava procurando por um novo guitarrista. Reconhecendo o talento de seu namorado, Barbaranne enviou ao madman uma fita-demo. Contudo, Ozzy rejeitou a fita assim como milhares de outras, dizendo se tratarem de “apenas mais um clone do Randy Rhoads“. Entretanto, algumas semanas depois, o baterista do Ozzy  disse que havia conhecido um grande guitarrista de New Jersey e então Ozzy concordou em chamá-lo para uma audição. Tratava-se obviamente do próprio Zakk Wylde. Ozzy o reconheceu pela fita-demo e então o contratou.

Segundo Zakk, ele foi contratado logo de cara, mesmo antes de começar a tocar, enquanto ainda afinava sua guitarra. Foi admitido na banda solo de Ozzy em 1987 e sua primeira participação foi no álbum “No Rest for the Wicked“, lançado em 1988.  A respeito de seu primeira apresentação ao vivo com o Ozzy, comenta-se que teria ocorrido em uma penitenciária.

Em 1992, após o término da turnê do álbum “No More Tears”, Zakk acabou saindo da banda de Ozzy e passou a se dedicar aos projetos paralelos que vinha desenvolvendo, lançando então o álbum auto-intitulado da  banda Pride & Glory, que o som do Blues com o Heavy Metal. Há quem considere este álbum a pedra fundamental para o surgimento do Black Label Society.

Já em 1994, Zakk voltou a trabalhar com Ozzy e as numerosas sessões de gravação do álbum “Ozzmosis“começam. Nessa mesma época, Zakk foi convidado para se juntar ao Guns’N Roses, chegando  até fazer algumas Jams com o vocalista Axl Roses. Porém, devido à falta de um acordo entre os advogados de Zakk e do Guns N’ Roses, que enfrentava um processo judicial complicado após a saída dos membros originais, fez com que a entrada de Zakk na banda de Axl nunca acontecesse. Com tempo de sobra na agenda, Zakk compôs e lançou em 1996 o aclamado álbum acústico “Book Of Shadows“.

Paralelamente aos álbuns de Ozzy nos quais participou em seguida, Zakk começou a reunir idéias para um projeto solo de criar uma banda própria de Heavy Metal, inspirada nos moldes do Black Sabbath. Em 1998, em parceria com Phil Ondich (bateria), Zakk funda a banda Hell’s Kitchen, posteriormente renomeada de Black Label Society, e em 1999 lança “Sonic Brew“, seu primeiro álbum com a nova banda, assumindo de vez sua vocação para o posto de frontman.

A carreira solo de Zakk Wylde começou a crescer, lançando em seguida mais um álbum de estúdio e um ao vivo à frente do BLS.

Em 2001, Ozzy lança o álbum “Down To Earth“, no qual Zakk acabou não participando da composição de nenhuma das faixas. Na verdade Zakk já tinha um set inteiro de músicas prontas para colocar no álbum de Ozzy mas este as rejeitou porque segundo ele,  “soavam muito Black Label”. As músicas então rejeitadas por Ozzy foram todas utilizadas por Wylde no álbum “1919 Eternal” , que curiosamente acabou se tornando um dos melhores álbum do Black Label Society.

Em 17 de Janeiro de 2006, em uma cerimônia aberta ao público, Zakk Wylde foi imortalizado no Hollywood Rock Walk of Fame, localizado na 7425 Sunset Boulevard, deixando impressas na calçada da fama suas mãos e assinatura, em reconhecimento à sua carreira vitoriosa enquanto músico e sua contribuição para a indústria musical.

Para quem não sabe,  Zakk também já fez algumas aparições na TV, como no seriado de comédia “Crapshoot” com Jim Breuer, e atuou no cinema em Hollywood integrando o elenco de “Rock Star”, onde fazia o papel de “Ghode”.

Ainda jovem, aos 19 anos e praticamente desconhecido, Zakk Wylde deu seu grande passo para a fama ao conseguir a disputada vaga de guitarrista na banda de Ozzy Osbourne, assumindo também a função de co-autor. Hoje, é considerado um dos guitarristas mais bem sucedidos de sua geração, acumulando vários títulos e prêmios.

Guitarrista, vocalista, compositor, ator, marido e pai. Nascido como Jeffery Phillip Wiedlant, se tornou Zakk Wylde para o mundo!

Um comentário:

  1. O Site esta ótimo continuem assim, muito Rock-n-Roll pra galera.

    ResponderExcluir